Quarta, 29 de Junho de 2022
27°

Pancada de chuva

Parnaíba - PI

Política ELEIÇÕES 2022

PSTU lança pré-candidato no Piauí e defende “saída socialista” para crise

Evento de lançamento de Geraldo Carvalho contará com a presença da pré-candidata a presidente da legenda, Vera Lúcia.

18/06/2022 às 13h39
Por: Redação Fonte: Meio Norte
Compartilhe:
PSTU lança pré-candidato no Piauí e defende “saída socialista” para crise

Evento, que será realizado na próxima segunda (20/06), às 16h, no auditório do Sindicato dos Rodoviários do Piauí, contará com a presença de Vera Lúcia, pré-candidata à presidência da República pelo PSTU e pelo Polo Socialista Revolucionário

O Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado - PSTU lançará a pré-candidatura do professor Geraldo Carvalho ao governo do Piauí, nesta segunda-feira (20/06). Além da pré-candidatura de Geraldo Carvalho, serão lançadas pré-candidaturas de vice-governadora, ao Senado e aos parlamentos estadual e federal.

“As pré-candidaturas de Vera, em nível nacional, e os nomes a serem apresentados em nível estadual defenderão uma saída socialista frente a grave crise social no país e no Piauí, que atinge sobretudo o povo pobre e trabalhador”, afirma Geraldo Carvalho.

Quem é Geraldo Carvalho?

Geraldo Carvalho tem 63 anos, é professor da Universidade Federal do Piauí (Ufpi) em Floriano. É um histórico quadro do movimento sindical do Piauí desde o final dos anos 80. Já foi presidente do Sindicato dos Bancários (década de 90) e posteriormente dirigente do Sindicato Nacional dos Professores de Instituições de Ensino Superior (Andes SN). Já foi candidato ao Senado, a prefeito de Teresina e ao governo do estado pelo PSTU. Foi militante do PT, partido com o qual rompeu em 1997 para desde então construir o projeto revolucionário e socialista do PSTU.

“O Piauí é um dos estados com maiores índices de desigualdades sociais, o que coloca os trabalhadores em condições de vida dificílimas, no campo e na cidade. Enquanto as grandes empresas e o latifúndio são beneficiados com políticas de isenção de impostos e investimentos públicos, os trabalhadores são brutalmente explorados com péssimos salários, e são violentamente expulsos de suas terras, inclusive indígenas e quilombolas. Os sucessivos governos do Piauí aprofundam a crise dos trabalhadores e, como o governo atual do PT, serviram às grandes empresas e deixaram aos trabalhadores mais pobreza e desemprego, e precariedade nos serviços públicos”, afirma Geraldo Carvalho.

“Nossa candidatura quer apresentar uma saída socialista da crise. Isso requer o confronto contra o continuísmo do governo do PT no Piauí, contra a chapa de Rafael Fonteles, cujo vice é um conhecido político da oligarquia estadual, Themístocles Sampaio (MDB). Ao mesmo tempo, nossa candidatura também é uma alternativa radicalmente diferente contrária as candidaturas da direita tradicional, como a de Sílvio Mendes, um bolsonarista. Para mudar esse quadro social é preciso enfrentar os grandes grupos empresariais, reestatizando e desapropriando as grandes empresas e colocando sua produção e patrimônio a serviço da população do Piauí”, finaliza.

Quem é Vera?

Vera é a única pré-candidata mulher, negra, operária e nordestina à presidência do Brasil.

“Vamos apresentar uma alternativa socialista aos trabalhadores, frente à polarização existente hoje no país. Para resolver os problemas mais sentidos hoje pelos trabalhadores e o povo pobre será necessário adotar medidas profundas e se apoiar em ampla mobilização social. Medidas que irão se enfrentar com os super-ricos, latifundiários, banqueiros e grandes empresários, que ficam com a riqueza produzida pelos trabalhadores. Medidas que não serão adotadas nem por Bolsonaro e nem por Lula”, destaca a pré-candidata do PSTU.

Vera é natural de Inajá, cidade localizada no Sertão de Pernambuco. Tem 54 anos, é casada, tem duas filhas e uma neta. Operária sapateira, Vera é formada em Ciência Sociais pela Universidade Federal de Sergipe.

Ainda menina, deixou sua terra natal junto com seus pais, que partiram em busca de melhores condições de vida e da garantia de educação aos filhos. Como a maioria dos sertanejos que chegam à grande cidade, foi morar na periferia, no bairro Santos Dummont, em Aracaju.

Desde criança teve que estudar e trabalhar, ao mesmo tempo. Foi datilografa, faxineira e garçonete.

Aos 19 anos, ao lado de outras mulheres negras, pobres, moradoras das periferias, começou a trabalhar em uma fábrica de calçados. Foi aí que começou sua militância. Está no PSTU desde a sua fundação, em 1994.

Foi candidata à governadora de Sergipe, à prefeita de Aracaju e a deputada federal.

Em 2018, foi candidata à presidência da República e teve como vice o professor Hertz Dias, do Maranhão. Juntos, formaram a primeira chapa 100% negra a disputar à presidência do Brasil.

Em 2020, Vera foi a primeira mulher negra a disputar à prefeitura de São Paulo (SP), cidade onde mora atualmente.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
ELEIÇÕES 2022
ELEIÇÕES 2022
Sobre Acompanhe tudo sobre as Eleições 2022.
Parnaíba - PI Atualizado às 22h55 - Fonte: ClimaTempo
27°
Pancada de chuva

Mín. 25° Máx. 33°

Qui 34°C 24°C
Sex 34°C 24°C
Sáb 32°C 25°C
Dom 32°C 25°C
Seg 33°C 25°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Enquete