Terça, 31 de Janeiro de 2023
23°C 28°C
Parnaíba, PI
Publicidade

Bolsonaristas radicais entram em confronto com a polícia na Esplanada e sobem rampa do Congresso Nacional

Militares tentaram conter participantes de ato antidemocrático com spray de pimenta. Eles invadiram área de contenção que cercava área.

08/01/2023 às 15h19 Atualizada em 08/01/2023 às 17h30
Por: Illan Herman
Compartilhe:
Bolsonaristas radicais entram em confronto com a polícia na Esplanada e sobem rampa do Congresso Nacional

Bolsonaristas radicais invadiram o Congresso Nacional, o Supremo Tribunal Federal e o Palácio do Planalto, neste domingo (8), após entrar em confronto com a Polícia Militar na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Os participantes de atos antidemocráticos estavam com pedaços de paus e pedras.

Policiais militares tentaram conter os bolsonaristas com uso de spray de pimenta, no entanto, eles invadiram a área de contenção que cercava o Congresso Nacional.

No local, há pontos com fumaça. Além disso, vidraças do monumento foram quebradas. Os bolsonaristas radicais alcançaram o Salão Verde da Câmara dos Deputados, área que dá acesso ao plenário da Casa. Os policiais também usaram bombas de efeito moral na tentativa de conter os participantes do ato antidemocrático.

Invasão ao STF e Planalto

Após a invasão ao Congresso Nacional, os bolsonaristas radicais também invadiram o Supremo Tribunal Federal (STF). Os participantes do ato antidemocrático quebraram vidros da fachada, entraram no prédio e chegaram até o plenário. No Palácio do Planalto, os bolsonaristas radicais chegaram até o quarto andar e depredaram a sede do Poder Executivo.

O ministro da Justiça, Flávio Dino, chamou os atos antidemocráticos de "absurdos" e afirmou que a "tentativa de impor a vontade pela força não vai prevalecer. Dino disse ainda que o GDF informou que "haverá reforços".

O ex-ministro da Justiça e atual secretário de Segurança Pública do DF, Anderson Torres, disse que determinou que o setor de operações da pasta tome "providências imediatas para o restabelecimento da ordem no centro de Brasília. "Cenas lamentáveis agora na Esplanada dos Ministérios", afirmou.

Após a invasão, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco disse em uma rede social que em uma conversa por telefone, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), afirmou que "está concentrando os esforços de todo o aparato policial, no sentido de controlar a situação". Pacheco disse ainda que repudia os atos antidemocráticos e que eles devem "sofrer o rigor da lei com urgência".

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Parnaíba, PI
29°
Tempo nublado

Mín. 23° Máx. 28°

33° Sensação
3.46km/h Vento
71% Umidade
100% (19.94mm) Chance de chuva
05h53 Nascer do sol
06h07 Pôr do sol
Qua 28° 23°
Qui 28° 23°
Sex 28° 23°
Sáb 29° 24°
Dom 28° 24°
Atualizado às 12h38
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 -0,38%
Euro
R$ 5,53 -0,29%
Peso Argentino
R$ 0,03 -0,50%
Bitcoin
R$ 124,889,23 +1,58%
Ibovespa
113,332,74 pts 0.94%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade